Um olhar bíblico para os casais

casais
Um olhar bíblico para os casais

Diversas pessoas desejam se casar. No entanto, aquelas que se casam por razões nobres, que ultrapassam seus próprios desejos e vontades egoístas são raras. Elas sabem o que querem que os outros façam para elas, mas não se preocupam sobre o que devem fazer para os outros. Infelizmente, este é o tipo de relacionamento que predomina entre muitos casais.

Nem todo mundo compreende que o casamento não foi instituído por Deus para ser um lugar onde os desejos pessoais são satisfeitos. A verdade é que muitos querem os benefícios do casamento, mas nem consideram as inúmeras responsabilidades e deveres para com o cônjuge.

Neste texto, traremos uma abordagem completamente bíblica a respeito do que Deus espera que casais façam por si e também aquilo que eles realmente devem experimentar no dia a dia da vida conjugal. Obviamente, existem muitas outras orientações e recomendações bíblicas ao casal, que não serão listadas neste texto. Todavia, espero que as quatro orientações escolhidas sirvam para aumentar o interesse por saber dos deveres do casal. Que Deus nos abençoe em nossas relações.

  1. Os casais devem se amar e se respeitar: “Maridos, cada um de vós amai a vossa esposa, assim como Cristo amou a sua Igreja e sacrificou-se por ela. Sendo assim, o marido deve amar sua esposa como ama seu próprio corpo. Quem ama sua esposa ama a si mesmo! Pois ninguém jamais odiou o próprio corpo, antes o alimenta e dele cuida, assim como Cristo zela pela Igreja. Portanto, cada um de vós amai a sua esposa como a si mesmo. E a esposa trate o marido com todo respeito” (Efésios. 5.25, 28, 29, 33 – KJA).
  2. Os casais devem viver juntos, para que possam se completar sexualmente: “Porém, por causa da imoralidade, cada homem tenha a sua esposa e cada mulher tenha o seu marido. O marido deve cumprir seus deveres conjugais para com sua esposa, e, da mesma forma, a esposa para com seu marido. A esposa não tem autoridade sobre o seu próprio corpo, mas sim o marido. Da mesma maneira, o marido não tem autoridade sobre o seu próprio corpo, mas, sim, a esposa. Portanto, não vos negueis um ao outro” (1 Coríntios 7.2-5 – KJA).
  3. Os casais devem curtir o amor e a companhia um do outro: “Alegra-te sobremaneira com tua esposa. Sê feliz com a moça com quem casaste! Gazela ardorosa, corsa graciosa: que os seios da tua esposa sempre te fartem de prazer, e seu amor te extasie de carinhos todos os dias da tua vida” (Provérbios 5.18,19 – KJA).
  4. Os casais, bem como todas as pessoas, devem abominar o adultério, o divórcio e a imoralidade sexual: “Digno de honra seja o casamento entre todas as testemunhas, bem como a pureza do leito conjugal; porquanto Deus julgará os imorais e adúlteros” (Hebreus 13.4 – KJA); “Eu, porém, vos digo: Qualquer que se divorciar da sua esposa, exceto por imoralidade sexual, faz com que ela se torne adúltera, e quem se casar com a mulher divorciada estará cometendo adultério” (Mateus. 5.32, 19.9 – KJA); “Ninguém seja infiel para com a sua esposa, a mulher da sua mocidade. Pois eu odeio o divórcio e também odeio aquele que cobre suas vestes de violência, afirma o Senhor dos Exércitos” (Malaquias 2.15,16 – KJA).

Conheça nossa Pós em Capelania! AQUI

Tiago Rocha

2 Comments;

  1. Na igreja em Saida como Papa Francisco diz: A missão de ser igreja começa na familia, os pais sao ensinamentos para os filhos, não só por ensinamentos verbais no diálogo, mais ensinar com o seu próprio testemunhos… E testemunhar com a famila as comunidades…
    (Comum-unidade).

  2. Gostei muto. Esclarecedor acerca de um tema tão distorcido por aqueles que distorcem as sagradas escrituras,

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *